Reflexões

A vida é feita de ciclos, mas a maioria de nós esqueceu-se disso, tem muita pressa, e quer viver da mesma forma o ano inteiro. No entanto, isso não acontece. As estações do ano influenciam a nossa vida. É normal que na época do ano em que estamos as pessoas se sintam mais deprimidas, assim como também é normal que no verão as pessoas se sintam mais alegres. O nosso corpo funciona de acordo com os ciclos da natureza, somos humanos e por vezes esquecemo-nos disso. As transformações, geralmente, são lentas e para virar borboleta é necessário respeitar o ritmo do tempo.

Se repararmos no que acontece no outono, percebemos que as árvores libertam-se das folhas, ficam despidas, com um aspeto menos atraente. Será que as árvores ficam tristes porque perdem as folhas? Não. Elas sabem que tem de ser assim, porque na primavera elas voltarão a florir e no verão irão dar frutos.

Nós, humanos, temos dificuldade em seguir este processo da natureza. Lutamos contra o largar das coisas, das situações que nos incomodam que nos fazem mal, porque não sabemos o que vem a seguir. Lutamos contra os processos de morte, cortes com pessoas, mudanças… as mortes que há em nós fazem parte, uma vez que se elas não existirem, não há lugar para o novo!

Se o movimento dos astros influencia as marés, a natureza e o comportamento dos animais, seria muita arrogância da nossa parte achar que não influencia os humanos!

No outono, o vento pede movimento, pede libertação do que já não nos faz falta, pede para deixarmos cair aquele “Eu” que já não se encaixa em nós. Todas estas transformações de perda, de deixar ir e de mudança trazem consigo sensações que não gostamos muito de sentir. Mas elas também fazem parte e devemos aceitar viver todas as emoções. Por isso, permite-te viver essas emoções agora.

É normal sentires-te mais nostálgico. Este é um momento em que refletes sobre as tuas escolhas, é um ciclo que termina, é uma altura para ponderar o que queres e não queres para ti. Não te apegues ao que não te faz bem.

Depois do inverno a primavera volta, com novas cores, cheiros, alegria e no verão vais colher os frutos das sementes que plantaste. Se agora não preparares o teu “terreno” as sementes, na primavera, não terão espaço para nascer e crescer saudáveis.

Maior conhecimento exige maior responsabilidade. Cuidar de ti é um processo só teu. Deixa-te agora ser uma lagarta, para a seguir te transformares numa linda borboleta.

Deixe uma resposta

© 2018 Guida Guardado