Pensas muitas vezes que largar algo é desistir, mas não. Largar não é desistir, é só não ficares agarrado demasiado a uma expetativa. Largar é confiar que o melhor para ti vai chegar no momento certo e no formato que for.
Largar não é desistir Pensas muitas vezes que largar algo é desistir, mas não. Largar não é desistir, é só não ficares agarrado demasiado a uma expetativa. Largar é confiar que ler mais
Quantas vezes te olhas ao espelho e não vês? Não vês aquele ser que és. Apenas vês um monte de defeitos, problemas e frustrações. Outras vezes nem te atreves a olhar o espelho. Penteias o cabelo mecanicamente e segues a tua vidinha. És o ser mais incrível deste planeta. Quando é que decides olhar-te ao espelho e ver?
És o ser mais incrível deste planeta. Quantas vezes te olhas ao espelho e não vês? Não vês aquele ser que és. Apenas vês um monte de defeitos, problemas e frustrações. ler mais
Fotografar é algo que gosto de fazer e só fazendo é que se aprende. Há momentos únicos no ano para fotografar e um deles são as colheitas do arroz. Ter amigos orizicultores tem as suas vantagens. Ia só tirar fotografias e acabei a cortar arroz! Foi espetacular.
Ia só tirar fotografias e acabei a cortar arroz! Fotografar é algo que gosto de fazer e só fazendo é que se aprende. Há momentos únicos no ano para fotografar e ler mais
Abracei o Projeto Escreve-te que visa alertar para problemas importantes esquecidos por muitos. O tema deste mês é o suicídio. Um tema difícil, sem dúvida, mas as coisas difíceis também fazem parte da vida e quanto mais falamos sobre elas, mais fáceis ficam de enfrentar.
Projeto Escreve-te – Setembro Amarelo: Suicídio Quantas vezes passamos ao lado de alguém e não damos conta do que se passa? Quantas vezes andamos tão atarefados que não percebemos o grau ler mais
Encontro pela paz e comemoração do equinócio de outono
Encontro pela paz e comemoração do equinócio Num grupo de pessoas em que quase todas são desconhecidas podes encontrar a paz que estavas à procura. Não a paz exterior, mas a ler mais
Hoje iniciei um projeto para o qual me convidaram, com uma menina que me é muito especial. Ela há uns anos atrás ensinou-me muito. Ensinou-me que eu tinha muitas limitações na minha maneira de pensar, mais do que ela tinha fisicamente e na maneira de pensar dela. Ensinou-me a quebrar as barreiras e a aceitar abraços só porque sim, porque gostávamos muito uma da outra. Ensinou-me a amar a diferença.
Novo desafio, novo projeto, novas ideias Se há um ano atrás me dissessem que hoje estaria a viver aqui, que estaria a fazer o que estou a fazer ou que iria ler mais
Deixa fluir as tuas ideias, emoções e vontade, rítmica e harmoniosamente, como uma dança de fadas, sobretudo nos pequenos atos diários
Amar a dificuldade é quase tê-la resolvido "Deixa fluir as tuas ideias, emoções e vontade, rítmica e harmoniosamente, como uma dança de fadas, sobretudo nos pequenos atos diários. Aceita em cada ler mais
A magia continua a fazer sorrir, ela faz parte de nós e surge quanto menos se espera, ficando à espreita do momento certo para nos surpreender.
A magia continua a fazer sorrir O mais antigo Festival de Magia em Portugal decorre em Coimbra e hoje, na Figueira da Foz, dois mágicos deste festival encantaram as pessoas que ler mais
Um poema dedicado a algumas pessoas que passaram na minha vida. Depois de ti...
Depois de ti Depois de ti tudo caiu e eu aprendi a levantar-me, a olhar-me ao espelho, a ver as cicatrizes da queda e a amar cada pedaço do que era ler mais
Aproveita o momento sempre que achares que sim
Aproveita o momento sempre que achares que sim As portas abrem-se diante de ti e tu nem sempre as atravessas para veres o que está do outro lado. Mais tarde sentes-te ler mais

© 2018 Guida Guardado