Reflexões

Muitas vezes o silêncio assusta-te, outras precisas dele para seguires em frente. Só no silêncio poderás pôr o teu espaço em ordem. O silêncio parece assustador quando és dominado pelo caos mental, pois ele diz-te tudo aquilo que está a incomodar-te e toca-te em todas as feridas que estão abertas. Mostra-te que é necessário mudar e essa verdade mete-te medo. Outras vezes precisas dele para te encontrares e seguires em frente.

Recusas-te muitas vezes a fazer silêncio. Preferes ficar no meio da multidão e ocupas-te de todas as formas possíveis para não ouvires  as vozes que estão aí dentro. A tristeza, o medo e a raiva falam mais alto do que tudo cá fora e por vezes, se teimas em não as ouvir elas vão-te apanhar, naquele momento mais frágil em que te colocaste no meio da multidão.

Dizes para ti que está tudo bem e procuras coisas que te adormeçam a mente e o coração. Se te permitires fazer silêncio e analisares o teu dia vais-te espantar com as coisas que te aconteceram… ou que não aconteceram. Ao ficares em silêncio a intuição fala-te ao ouvido e sussurra tudo o que precisas de ouvir para continuares a caminhar.

Quando os pensamentos estão dispersos parecem aquelas reuniões em que as pessoas gritam e falam todas ao mesmo tempo, onde ninguém se entende, não sabe o que faz ali, nem o que aconteceu. Quando estás disperso, fazes mil coisas ao mesmo tempo acreditando que isso é o melhor e julgas-te ativo e trabalhador. Outras vezes paralisas sem saber por onde começar e o tempo foge-te entre os dedos sem fazeres nada e sentes-te vazio.

Dar espaço para o silêncio entrar na tua vida permite-te chorar e gritar o que te magoa e é aí que te ouves. É no silêncio que ouves aquela voz que não estavas à espera, que te abraça e te beija o ouvido com palavras doces e meigas. A mente começa a sossegar e dentro de ti renasce de novo a intuição e aquela linha orientadora que te leva ao colo de novo para o caminho que estás a percorrer tão sabiamente. Estas vozes ensinam-te diariamente pequenos segredos que restabelecem de novo o equilíbrio que te rodeia.

Vais continuar a cair, não te iludas. Mas sabes que quando te levantares o fazes mais forte e confiante e constróis a pessoa linda que és.

Deixe uma resposta

Guida Guardado

Professora, escritora e criadora do projeto Kids & Grown-ups.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Comunidade Kids & Grown-ups

© 2018 Guida Guardado