Reflexões

As portas abrem-se diante de ti e tu nem sempre as atravessas para veres o que está do outro lado. Mais tarde sentes-te arrependido de não o teres feito. Sabes qual é o objetivo? Observares o teu comportamento e decidires o que queres fazer quando um desfio semelhante se cruzar no teu caminho. Aproveita o momento sempre que achares que sim.

A beleza da vida está em fazeres parte dela. Há alturas em que te são proporcionadas condições para que vivas a felicidade de uma forma maravilhosa. No entanto, nem tudo está à vista. Há sempre um mistério que só se descobre no fim. Se não te doas a esse momento não saberás qual é o mistério.

O medo inibe-te de ouvires o teu coração. Ele fica aprisionado aí dentro do teu peito. Tu queres muito algo mas bloqueias a tua ação. Já todos sabem porquê. As convenções da sociedade arrastam-te para uma espiral de crenças e medos e preferes não fazer nada que saia “fora da caixa”. Será que viver momentos de intensa felicidade é assim tão difícil? Tu sabes a resposta… não… mas dá trabalho!

Dá trabalho porque depois tens de saber lidar com isso.

A tua intuição diz-te o que fazer e quando tu aceitas fazê-lo um mar de sensações e emoções invadem o teu corpo. A natureza ajuda muitas vezes e proporciona-te lugares e momentos que são únicos, dificilmente captados pela lente de uma máquina fotográfica. São só para ti, para os veres e guardares aí dentro.

Aproveita o momento, escolhe o que te faz feliz e esboça um sorriso interno que te toque a alma. É nesse momento que és tu, que te encontras e te abraças.

Por mais descabido que algo possa parecer, por mais que os teus pares te julguem, só a ti calhe a escolha de avançar ou ficar parado. Só vives agora, o que te faz feliz hoje?

Deixe uma resposta

Guida Guardado

Professora, escritora e criadora do projeto Kids & Grown-ups.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Comunidade Kids & Grown-ups

© 2018 Guida Guardado