Reflexões

Hoje é o dia dos avós, aquelas pessoas com as quais a maioria de nós tem uma relação muito próxima, onde a energia de duas gerações tão distintas se cruza e se constroem aprendizagens com significado. Neste dia, fiz parte do primeiro mini festival dedicado ao bem-estar físico e psicológico de crianças: LeveMente.

Fui convidada para participar na atividade de storytelling neste mini festival, no entanto acabei por também ficar responsável pela pintura e construção de mandalas. O balanço final é bastante positivo, foi um dia cheio de cor, animação e muitas emoções. As crianças adoraram construir mandalas com pequenos materiais e assim dar cor a um papel branco desenhado com algumas linhas a preto. Os adultos que estavam por perto e que acompanhavam as crianças também estavam deliciados, alguns ainda tiveram a coragem de libertar a sua criança interior e ajudar a seus filhos/netos/ familiares. É tão bom quando nos permitimos a participar em atividades simples onde nos focamos apenas no momento presente e no prazer que isso nos dá.

A história que apresentei é muito interessante, tanto para Kids como para Grown-ups! Chama-se “A parte que falta” e convido-vos a ver um vídeo sobre ela, é deliciosa e cheia de mensagens. O público ajudou bastante e foi muito participativo. O ambiente no jardim era muito agradável e assim se passou um dia diferente.

Claramente que há muitas arestas a limar e espero que no próximo ano este evento cresça mais um bocadinho. A par de tudo isto conheci pessoas muito interessantes da organização como a Ana e o João da Surya, a Maria da Om Factory e a psicóloga Carolina Pascoal, aos quais agradeço o convite para estar neste projeto. Quando estamos a fazer o caminho certo as portas abrem-se, as oportunidades surgem e as pessoas aparecem. Grande equipa cheia de energias diferentes que se complementam.

Cruzamos caminhos inesperados que nos trazem experiência, sabedoria e felicidade.

This Post Has One Comment

  1. Que bela homenagem àqueles/as que viveram para contar e recontar a história….os/as avôs/ós.

Deixe uma resposta

© 2018 Guida Guardado