Reflexões

Quantas vezes passamos ao lado de alguém e não damos conta do que se passa? Quantas vezes andamos tão atarefados que não percebemos o grau intenso de depressão, de tristeza e de frustração daquela pessoa do nosso quotidiano? Quantas vezes nos sentimos, nós mesmos, exatamente assim e nos passa pela cabeça que a forma mais simples era… desaparecer? Hoje venho falar-vos da campanha Setembro Amarelo para prevenção do suicídio.

Abracei o Projeto Escreve-te que visa alertar para problemas importantes esquecidos por muitos. O tema deste mês é o suicídio. Um tema difícil, sem dúvida, mas as coisas difíceis também fazem parte da vida e quanto mais falamos sobre elas, mais fáceis ficam de enfrentar.

Setembro Amarelo é uma campanha internacional de consciencialização sobre a prevenção do suicídio, que apresenta diversas iniciativas formativas, culturais e desportivas e decorre durante o mês de setembro. Esta campanha tem como propósito chamar a atenção da população para esta problemática e teve início em 2015 no Brasil.

A depressão pode levar ao suicídio, talvez porque desaparecer seja a única solução que algumas pessoas veem quando fogem do caminho que vieram percorrer na sua vida. Há momentos de intensa insatisfação, principalmente, quando fazemos coisas que contrariam a nossa natureza. Insistência em ser aquilo que não somos; persistência em fazer aquilo que não é da nossa natureza; esforço para corresponder às expetativas dos outros e às nossas.

É duro contrariar aquilo que os outros esperam de nós, é terrível quando nos sentimos diferentes da normalidade, é difícil não corresponder aos padrões da sociedade. Quando ignoramos os desejos da alma, a nossa intuição, aquilo que o coração acha correto, só para corresponder ao que os outros esperam de nós, sentimo-nos tristes, frustrados e depressivos. Este é o sinal que algo está errado: a infelicidade.

Está nas mãos de cada um mudar e fazer diferente. Somos mais fortes do que pensamos e podemos sempre ser mais felizes. Por vezes, só precisamos que nos relembrem o valor que temos até nos habituarmos a ter respeito por nós.

O nosso corpo grita quando algo não está bem, vamos ficar atentos e perceber quando é que ele fala connosco. E como somos espelhos uns dos outros, vamos ficar atentos também àqueles que nos rodeiam. Por vezes basta um abraço e uma palavra de conforto para fazer a diferença na vida do outro.

This Post Has 5 Comments

  1. Olá tudo bem?
    Verdade… Tantas vezes que não se repara quando alguém precisa da nossa ajuda, e infelizmente quando as pessoas colocam fim ha sua própria vida acabamos por nos culpabilizar daquilo que podiamos ter feito de certa forma, apesar de nunca o ter visto como deveria ser.
    O mês de Setembro é algo importante a ser relembrado sempre e quando abraçei esta iniciativa do projeto Escreve-Te , achei fundamental e muito bom poder-se alertar as pessoas e tentar cada vez que a mensagem chegar a mais pessoas, para que assim se consiga agir quando mais precisam de nós.

    Adorei a publicação, um beijinho

    1. Gratidão Beatriz, cada um de nós pode fazer a diferença na nossa vida e também na do próximo.
      Beijinhos

  2. E quantas vezes um sorriso não disfarça uma enorme vontade de desaparecer! Há que estar atento a certos sinais que se atuarmos poderá salvar vidas!

    Adorei a sua visão e a sua escrita quanto a este tema. Obrigada por ter sido uma das primeiras pessoas a entrar para o Projecto! Muito obrigada mesmo.

    Espero que continue connosco!

    Beijinhos
    http://www.aalfacinha.com

    1. Gratidão Ana pelo convite e pelo desafio!
      Beijinhos

  3. Um texto sem duvida muito emocionante e que toca qualquer um. Quantos de nós já não esboçaram um sorriso sem ter vontade ou responderam “está tudo bem” quando na verdade não estava, ás vezes o medo de sermos fracos levam-nos a situações mais tristes e que em certos casos são fatais, chega de termos medo de sermos fracos, cada um de nós tem um valor especial no mundo.
    Um grande obrigada por este lindo Post!
    Um grande beijinho,
    Melani
    ,http://umtoquedesimplicidade.blogspot.com/

Deixe uma resposta

Projeto Escreve-te - Setembro Amarelo: Suicídio

Guida Guardado

Professora, escritora e criadora do projeto Kids & Grown-ups.

Subscrever Blog via email

Indique o seu endereço de email para subscrever este site e receber notificações de novos artigos por email.

Comunidade Kids & Grown-ups

© 2018 Guida Guardado