Reflexões

Inspirada numa música que ouvi vezes sem conta sem prestar bem atenção à letra, estou a escrever este texto, pois hoje faz muito sentido. Se hoje fosse o teu último dia de Nickelback.

Vivemos a vida tão alienados do presente que muitas vezes nos esquecemos dele. E se hoje fosse o último dia da minha vida o que faria? Confesso que não sei muito bem! Há uma coisa que faria, certamente, mas essa para já fica apenas cá dentro.

Esquecemo-nos que não temos grandes coisas a perder, temos muito mais a ganhar e que cada dia é mesmo um presente, não um direito adquirido. Se libertarmos os medos e não deixarmos nada por fazer, a felicidade ficará estampada nos nossos rostos e a vida poderia terminar a qualquer momento. A satisfação de percorrer o caminho menos percorrido é única e quando entregas tudo o que prendes consegues ser surpreendido por aquilo a que chamamos destino.

“Se amanhã fosse o teu último dia e amanhã fosse tarde demais, poderias dizer adeus ao ontem? Viverias cada momento como se fosse o último? (…) Ligarias para aqueles amigos que nunca vês? Lembrar-te-ias de velhas memórias? Perdoarias os teus inimigos? Encontrarias aquela pessoa com a qual sonhas? Jurando a pés juntos a Deus que te irias finalmente apaixonar? Se hoje fosse o teu último dia.”

O refrão da música faz-nos pensar. As perguntas fazem-nos sempre pensar e reconsiderar aquilo que tomamos como certo, aquilo que um dia achámos correto, aquilo que nos foi transmitido de forma tão criteriosa e repetitiva.

Cada segundo conta, pois não voltamos a ter outro momento igual ao anterior, mesmo que estejamos no mesmo espaço com a mesma pessoa, porque nenhum de nós é mais o mesmo que fomos ontem.

Nunca é tarde demais para nada, para desejar o que mais queremos, para retomar o que perdemos ou para simplesmente ser livre e fazer o que nos apetecer. Não vamos deixar que nada atrapalhe o nosso caminho só porque o mundo inteiro acha o contrário daquilo que estamos a querer tanto para nós.

Se hoje fosse o teu último dia… vivê-lo-ias intensamente? Se sim, porque não o fazes desde já, mesmo que não seja o último?…

https://www.youtube.com/watch?v=lrXIQQ8PeRs&list=RDlrXIQQ8PeRs&index=1

Deixe uma resposta

© 2018 Guida Guardado